Chutei o balde!

Chutei o balde.
Aquele das lagrimas que eu juntei, e com as magoas que eu acumulei.
Caí sentada no chão com a força do chute, e doeu mais que o pé na bunda que levei, mais do que algumas golpeadas da vida, mas quando achei que levantei, novamente escorreguei e confesso que dessa vez me joguei de cara, e o fluxo passou pela minha face com toda aquela agua salubre dispensada.
Agora estou esparramada no chao, com frio, e inundada de lágrimas!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s